Como evitar o burnout

6 maneiras de evitar o burnout

A síndrome de burnout é esta dentro da Classificação Internacional de Doenças como uma “síndrome conceituada como resultado do estresse crônico no local de trabalho que não foi gerenciado com sucesso”.

Ela é caracterizada pelo esgotamento físico e emocional, que normalmente se manifesta no trabalho, mas a condição psicológica desse esgotamento pode ter efeitos negativos tanto na vida pessoal quanto na profissional.

É fato de que quando uma pessoa esta exausta, seus resultados no trabalho são diretamente afetados, prejudicando sua performance e relacionamentos no ambiente corporativo.

 

DICAS DE COMO EVITAR

É de fundamental importância que ao notar os primeiros sinais de burnout foque em estratégias que ajudem a reduzir o estresse, tais como:

  1. Procure dormir bem: Quando não se descansa o suficiente, ficamos com menos energia para dar conta de tudo o que precisamos realizar ao longo do dia, podendo nos levar ao esgotamento caso esta rotina seja constante.

 

  1. Dê equilíbrio a sua vida: Normalmente a síndrome de burnout ocorre quando temos um acúmulo de estresse, em virtude uma vida desequilibrada. Reflita em que área de sua vida você esta empenhando mais energia e em que áreas você esta dando menos atenção. É importante equilibrar nossas energias para: vida social, lazer, bem-estar emocional, atividades intelectuais, bem-estar físico, espiritualidade e trabalho. Defina pequenos objetivos na vida profissional e pessoal.

 

  1. Aprenda a priorizar: Faça uma lista de todas as suas tarefas (pessoais e profissionais), posteriormente analise e procure entender o que é mais relevante para você e planeje o seu desenvolvimento se possível com prazos. Aprenda a delegar e distribuir responsabilidades.

 

  1. Evite o contato com pessoas tóxicas: Existem pessoas que são extremamente negativas e sempre tem um comentário destrutivo. É claro que receber e avaliar críticas é fundamental para garantir a qualidade de nosso trabalho, no entanto, é importante avaliar quanto o comentário pode se tornar construtivo ou quando a postura adotada pela outra parte é naturalmente negativa.

 

  1. Coloque limite no trabalho e descanse nos finais de semana: É extremamente fácil deixar com que as tarefas do dia a dia consumam toda a nossa rotina, não permitindo que tenhamos tempo para a família, amigos, romances ou atividades extras que nos dêem prazer. Tente planejar suas tarefas com prazos diários, para que possa fazer a manutenção de sua qualidade de vida.

 

  1. Pratique atividades físicas: Fazer uma caminhada, corrida ou ir à academia, por pelo menos 30 minutos por dia, ajuda a aliviar a pressão e aumentar a produção de neurotransmissores que aumentam a sensação de bem-estar. Por isso, mesmo que a vontade para fazer exercício seja muito reduzida deve-se insistir com o exercício até que este comportamento vire um hábito em sua vida.

 

É importante ressaltar que a síndrome de burnout pode afetar qualquer pessoa no âmbito profissional, que seja engajada com as suas responsabilidades e tenha que lidar com estresse diariamente.

 

Por isso, é fundamental estar atento aos sinais de que o equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional está comprometido e neste caso, o ideal é procurar auxílio de um Psicólogo, que poderá te ajudar a identificar a melhor forma de lidar com esta situação.

Texto escrito por: Renata Tavolaro

Deseja falar com uma psicóloga sobre o seu caso? Na OrienteMe, é possível falar com especialistas todos os dias, por meio do smartphone ou computador, de forma anônima, sem ter que marcar horário. Gostaria de ser atendido/a pela Renata? Clique aqui e em seguida no botão “Atenda Comigo”.

Summary
6 maneiras de evitar o burnout
Article Name
6 maneiras de evitar o burnout
Description
É de fundamental importância que ao notar os primeiros sinais de burnout foque em estratégias que ajudem a reduzir o estresse.
Author
Publisher Name
OrienteMe
Publisher Logo